Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
18/12/2014
CENÁCULOS NO NORTE DO PARANÁ
Residência de Amélia e Manuel;residência de Mauro e Lia;Capela Sta. Bernadete, residência de Antônio e Ana
 
 
 

Pequeno cenáculo 12/12/14. 
Residência Amélia e Manuel 
Paz! Filhinhos amados Amélia e Manuel. A todos os filhinhos que organizaram este encontro, muito obrigada! A todos vós, muito obrigada! 
Sim, filhinhos, é Natal... É tempo de Natal... Festas, badalações, passeios, diversões, férias... Tudo isso precisais e é importante para a felicidade das famílias, desde que se realizem em espírito de paz, e, sobretudo de amor à família, caso contrário não haverá razão de ser festejado o Natal. 
Ouviste dizer por muitas vezes: Natal é tempo de conversão, e até sei o que levais a sério e isso para continuar no amor por Deus, e caminhar os Seus caminhos. Mas, percebo com tristeza que a maioria absoluta dos filhos de Deus, não levam isto a sério e não procuram converte-se. Não só eu, mas todo o Universo se entristece, pois o Universo clama por justiça, felicidade, paz, amor... 
O mundo está sedento de amor e, o mundo está carente de amor. E amor deve ser o motivo principal, a palavra chave do Natal. Deveis falar sobre isso porque não são raros, os que os rodeiam, e pedir para que também eles sejam instrumentos de amor, e da consequente paz! Jesus vem, de verdade... O Natal profetiza isto. 
Ele vem... E aspira por levar a todos, para o céu! Para que seus amigos, seus irmãos, os filhos de Deus, preparem realmente os caminhos, e não apenas isto, mas que eles mesmos sejam motivo para a conversão e a consequente caminhada para o céu, de toda a humanidade. 
Oh! Como fareis Deus feliz; fareis o céu feliz! E, devo vos dizer: vós mesmos vivereis a felicidade em plenitude, finalmente com vossos familiares. Tenho convicção de que assim mesmo vós desejais... É possível! Rezai e contai comigo, pois também isto eu desejo! Amém 
Vos abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Maria Mãe do Universo!

Cenáculo residência Mauro e Lia! 
Paz! Muito obrigada! 
Obrigada a todos vós! Obrigada a esta família tão amada que hoje acolhe estes filhos. Obrigada ao grupo de oração que se reúne todos os meses. Eu vos amo tanto! 
Talvez haja uma pergunta em vossos corações: por que em pleno advento, em tempo de natal, a Mãe pede para memorizar seus sofrimentos, suas lágrimas?
 Filhinhos amados: no tempo em que Eu aguardava no meu ventre, o meu Filho, tinha-O com o Salvador do mundo, e então aquele advento foi, para mim motivo de jubilo; motivo de oferta; motivo de comemoração; motivo de forte expectativa de que, finalmente o mundo seria liberto e haveria de acontecer enfim a paz tão sonhada por tantos, há tanto tempo. 
Eu me alegrava muito e aguardava também ansiosamente a graça assim necessária para o mundo. Hoje, filhinhos, meu motivo é diferente não vejo a frente a mudança devida dos homens; não vejo conversão; não vejo amor nos corações; não vejo enfim, a expectativa, por parte dos homens, em receber a meu filho em seus corações; não vejo sequer a atenção que deveria ser dedicada, desde o advento! Não vejo a alegria pelo divino! Mas vejo as desgraças produzidas pelos homens; a amargura; a ganância; a sede de poder; e vejo o comércio crescer até de modo assombroso, a custa dos pobres, e o que é mais triste, crescer a custa de meu Filho! Por isso filhinhos, não posso ser feliz. E, posso perceber: Jesus e Eu, sofremos mais com este tempo, do que sofremos naquela época, quando da Paixão Dele! De fato, porque naqueles tempos, os homens ainda não conheciam, nem percebiam o que estava acontecendo! Então hoje, dói... E como dói... Mas filhinhos, Jesus vos deseja dizer que vos ama e derramará graças em abundância sobre a humanidade, e desejo vos dizer que intercederei para que todos vós e toda a humanidade possam viver UM NATAL DOCE! UM NATAL FELIZ! A vós todos aqui eu digo: mereceis o Natal santo e feliz, por causa de vossos corações santos e assim será! Muito obrigada. Contai sempre comigo. Vos amo tanto! 
Vos abençoo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém Maria Mãe do Universo.

Cenáculo - Capela do silêncio Santa Bernadete Apucarana - Antônio e Ana! 
Paz! Amados filhinhos Antônio e Ana; amados participantes desta obra tão bonita missão da chácara do silêncio; Amados filhos que vieste de tantos lugares: muito obrigada! A todos vós aqui, obrigada. 
Estou muito feliz em rezar convosco neste lugar abençoado! Lugar marcado por Deus, e por isso, com a missão, que veio do céu, de atender a todos que aqui chegaram, dedicando a cada um, amor igual. Devo vos dizer: muitas graças serão alcançadas neste lugar, que fará fluir milhares de pessoas as portas. 
Sou feliz aqui! Tão feliz! Filhinhos: gostaria que refletísseis sempre no que eu vos falei em 13/12, e também para aquilo agora vos digo! Como já sabeis esta capela, este lugar, é dedicada à Santa Bernadete, a menina de Lourdes. Sabeis também que o corpo desta menina, encontra-se completamente intacto, sem mácula: Ela apenas dorme! Lembrai-vos, filhinhos, de que não haverá morte, para aqueles, que, deste o seu nascimento, conservaram puros, completamente puros os seus corações: não se deixaram corromper em nenhuma ocasião, pelos caminhos do mundo; não se deixaram levar pelos conselhos do mundo; não se entregaram ao mundo. Lutaram por conservarem-se dignos de serem chamados cidadãos do céu, e olharam então, só para o céu! 
Assim foi Bernadete, e Deus a fez constituir-se exemplo para toda a humanidade: exemplo de coragem de amor a Deus... Percebeis filhos, que também podeis provar desta graça? Cuidai! Rezai! Vencei! Contai comigo, como contaram Bernadete e tantos outros... Oh! Quanta alegria no céu! Rezai, rezai, rezai... Contai comigo! E, neste Natal, lembrai-vos de mim e, sobretudo, do porque ele existe! E amai ao meu Filhinho, que os ama tanto! Amém. E FELIZ NATAL! 
Muito obrigada, reverendíssimo Padre João! Também, humildemente, inclino-me e te peço a poderosíssima Benção Sacerdotal. Ofereço-te a minha benção maternal. Abençoo também a todos vós aqui, e aos que rezam a distância, em nome do Pai, do filho e do Espírito Santo. Amém! 
Maria mãe do Universo.

 
 
Artigo Visto: 1839 - Impresso: 37 - Enviado: 10
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 460 - Total Visitas Únicas: 1893701 - Usuários Online: 70
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites