Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
23/01/2017
RELATO DO CENÁCULO DE NSA SRA DE SION - MARILENE HECKERT
Sempre oferecendo as intenções de Nossa Senhora, hoje muito especialmente pela Santa Igreja Católica Apostólica Romana, n
 
 
 

Porto Belo, 21/01/2017

Cenáculo em honra a Nossa Senhora de Sion Capela Nossa Senhora de Sion, Santuário das Almas

 

Combinamos de sermos fieis aos horários, mas, como? Alguns de nossa equipe estavam presos no transito, assim também muitas pessoas que vinham participar deste evento conosco. O Cenáculo iniciou-se precisamente as 14:10 horas, um dia lindo, ensolarado e muito quente. Dia propício para aproveitar uma boa praia. Iniciamos com o Santo sinal da Cruz, Terço do Amor e Maria Porta do Céu, era preciso a ajuda da Mãezinha para que as pessoas conseguissem chegar com êxito e sem imprevistos e assim fazermos esta festa a nossa Mãe. As 14:40 nossa equipe já estava completa e a Capelinha se encontrava repleta de rostinhos lindos e cheios de esperança, nosso coração se alegrou. Anselma Caresia, de Blumenau conduziu então o Terço ao Divino Espírito Santo e Dulce Haas, de Vidal Ramos iniciou o Terço da Divina Misericórdia, sempre intercalando com alguns hinos. As 14:55 saudamos a todos e colocamos nossas intenções.Sempre oferecendo as intenções de Nossa Senhora, hoje muito especialmente pela Santa Igreja Católica Apostólica Romana, na Pessoa de Sua Santidade o Papa Bento XVI, por Francisco e seu colegiado, pela santificação dos Sacerdotes, de toda a Igreja, das famílias. Pelos doentes e agonizantes, pelos vocacionados, pelas Almas do Purgatório e Mansão Pagã. Pelos que nos pedem orações e por todos que fazem parte de nossa história. Oferecemos muito especialmente aos que aderiram à campanha da Anistia pela Santa Igreja Católica, pelos que nos acompanham através das redes sociais e TV Auxiliadora, também por toda a equipe e família Salvai Almas. As 15:00 Iniciamos a Santa Missa, esta presidida por nosso Diretor Espiritual, Frei Luiz Allibert de Angelina, acompanhado pelos Diáconos Luís Quadros de Joinville e Luiz Pavan de Curitiba, três almas generosas e de corações lindos a abrilhantar nosso encontro. Em sua homilia Frei Luiz nos convida a meditarmos muito na oração do Terço pelos Sacerdotes, Terço este que estamos fazendo a pedido de Nossa Senhora, na Anistia. Ele diz: “Nesta oração, pedimos ao Pai, muitas e Santas Vocações, é isto mesmo que devemos pedir a Deus incessantemente: Santas vocações. A Igreja está confusa e o inimigo está marcando passo, precisamos então dobrar nossos joelhos e rezar muito por Santos operários...” Uma Santa Missa, muito bem preparada pela equipe e simples como o Céu. Logo após a Santa Missa, Artur Heckert, 10 anos e Ana Clara Marcelino, 07 anos, conduziram o terço gozoso, com cânticos simples e jeitinho de anjos, em cada dezena uma pessoa do povo vinha trazendo um vasinho de flores que seria depositado no jardim de Nossa Senhora, jardim este que no natal fora o presépio de Jesus. O nascimento continuava ali, porém, agora, sem pastores, sem os reis ou camelos... apenas as ovelhas, mas, porque? No terceiro mistério do terço, o nascimento do Menino Jesus, há era isso, queríamos dar uma ênfase no nascimento, encerrar as festas de natal com toda a família Salvai Almas, e nos despedir de Jesus. Agora o Movimento começa uma nova história, tirando Jesus do presépio, as ovelhas sem Pastor começariam a se dispersar, essa é a Missão do Salvai, Salvar Almas, buscar as ovelhas desgarradas, reunir o rebanho, trazê-las de volta ao aprisco... e pra isso contamos com a ajuda da Grande Mãe de Deus, hoje com o título de Virgem de Sion, e ali estava Ela, a cima do presépio rodeada de rosas vermelhas, cores do martírio, a nossa intercessora num grande jardim, jardim este em que as flores somos nós, nossos amados, nossos queridos. Na última dezena deste terço, Aninha entra cantando os louvores de Maria, enquanto Arturinho entrega mais um vasinho de flor e planta no jardim, momento muito mimoso. Na sequência, rezamos o Terço dos Sacerdotes, este cantado em dois coros: Tu é Sacerdote eternamente, segundo a ordem do Rei! Depois o Oficio da Imaculada Conceição, também cantado em dois coros e Ladainha de Nossa Senhora cantada. Nossos hinos são muito simples, ainda estamos sem músicos, mas sempre com muito amor e com jeitinho de Salvai Almas. Iniciamos o Terço Glorioso, aqui nossa Mãezinha já se faz presente e começa o ditado ao Cláudio. Sempre gostamos de frisar: Nossa Senhora não entra no Cláudio, não se trata de possessão e sim ditado, Nossa Senhora dita ao confidente Sua mensagem, ou os recados de Deus. Logo em seguida faz a aparição, neste momento o Cláudio eleva os braços ao Céu, o povo canta, vibra, grita vivas.. um momento lindo que o Céu nos dá, momentos de alegria, de emoção, de curas... Terminada a aparição, Cláudio lê a mensagem... Apagamos as luzes da Capela, foram entregues velas apagadas ao povo, cada pessoa recebeu sua vela, eram velas azuis, brancas, rosas, todas lindinhas enfeitadinhas, mas sem luz. O que somos nós se não soubermos iluminar? De que adiantam velas sem fogo? O Movimento Salvai Almas precisa iluminar, precisa ser vela acesa, e assim pouco a pouco as velas vão sendo acesas por duas grandes chamas de outras velas que um casal apresenta, este casal, Manoel e Amélia de Maringá, Nossa Senhora os homenageou a muito tempo dizendo que serão pai e mãe de muitos que irão procurá-los nos momentos de grande tribulação, e pediu-nos para também chamá-los de papai e mamãe. Enquanto as velas vão se acendendo Cláudio vai explicando a Missão do Salvai Almas, a missão de cada um de nós, evangelizar e levar a conhecer ao mundo o valor de sermos cristãos autênticos, e diz que é chegada a hora de passar a todos, os nossos deveres de Católicos, não devemos aceitar qualquer doutrina, devemos defender a verdadeira doutrina da Santa Igreja... Norma também explica a necessidade de termos velas bentas em casa e que estas foram tocadas por Nossa Senhora, e também abençoadas através do círio Pascal, já que as velas grandes usadas foram acesas no Círio, diz que cada velinha pode acender outras velas e assim multiplicarmos velas abençoadas. Com as velas acesas cantamos Ilumina nossos pais, nossos filhos e filhas... e encerramos nosso encontro com o hino o Amor é Lindo erguendo nossas velas e a benção final feita pelos Diáconos Luiz e Luís. Maravilhoso Deus, quanta generosidade, quando amor, quanta doçura... Obrigada Mãe! Marilene - Porto Belo - SC Salvai Almas

 
 
Artigo Visto: 701 - Impresso: 34 - Enviado: 30
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 91 - Total Visitas Únicas: 1672606 - Usuários Online: 39
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites