Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
18/05/2009
Visitas a cemitérios III
As almas salvam as vossas almas
 
 
 

Visitantes: Norma e Cláudio

 Nova Trento, SC – Morro do Onça

 “Paz!”

Muito Obrigada Norma e Cláudio, por este amor.

Devo vos dizer que há, em vossa frente, muitos percalços, muitas lutas a serem travadas.

O Pai sabe da vossa determinação e amor, por isso confia em vocês.

E Ele estará sempre à vossa frente e vos protegerá!

Mas precisareis de muita força e muita coragem, pois são poucos os que vos ajudarão nos momentos mais difíceis... Que virão! Amém!

Contai sempre Comigo.

“Maria, Mãe do Universo!”

 Cemitério São José – Claraíba

 Mas vós dois, sereis testemunhas oculares de quase todos os acontecimentos, e de maneira especial, Norma. Contudo, os ataques serão imensos e tereis de ficar sempre alertas! Amém!

Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

           “Maria, Mãe do Universo!”

 Cemitério Evangélico – Claraíba

 (Eu perguntava sobre as almas destes que não são católicos...)

 Mas não têm grande culpa: na verdade, são poucos os conhecedores...

Deves agora publicar o que te fora passado a respeito dos pastores réprobos. Amém! (011199)

Muito Obrigado por vosso amor!

Norma, Filhinha, tenho você em meu Coração! Amém?

“Jesus!”

 Cemitério Santa Teresinha – Limoeiro, Brusque – SC

 “Paz!”

Filhinhos amados: a todos vós que acompanhais esta Missão, digo:

As Almas salvam as vossas almas! Amém!

Assim, vós que rezais pelo Purgatório, mereceis o Céu como porta direta, sem passardes pelos suplícios do Purgatório!

Lembrai-vos porém de que vossas orações, vossas lutas, vossos sacrifícios, devem ser destinados aos padecentes, com amor: sem reclamações, sem indagações...

Deveis então “SER ORAÇÃO”

E vivereis somente o Céu! Amém!

Muito Obrigado! Eu vos abençôo.

“Jesus!”

 Cemitério Santa Teresinha – Brilhante, Brusque-SC

 Neste Cemitério não recebi mensagem por escrito, mas apenas o acompanhamento de Nossa Mamãe, que me mostrava os suplícios, principalmente das almas de pessoas que, quando em vida, não se lembravam de rezar pelos mortos:

“São jacarés... Choram lágrimas sem sentido!”

Na imensidão das vargens, se aglomeravam milhões de almas, que, sem espaço entre elas, se empurravam uma às outras... De seus olhos escorriam lágrimas grossas, imensas...

“Quando em vida, choravam só por status!”

“Quem chora agora por elas?”

 Dia 17 de Maio de 2009

 

 

 
 
Artigo Visto: 2480 - Impresso: 62 - Enviado: 12
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 257 - Total Visitas Únicas: 1670442 - Usuários Online: 59
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites