Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
03/11/2005
Deus as poderia libertar
 
 
 
 
Meus filhinhos tão amados de Mamãe, tão amados de Deus!
Meus amados irmãozinhos de caminhada: estou feliz! Muito feliz por terdes atendidos aos apelos de Mamãe.
Estou feliz! Muito feliz, porque compreendestes os planos de Deus!
Filhos, filhos: como é bom poder contar com todos vós! Na verdade, filhos, eu sempre tive a certeza de que poderia contar com todos vós. Deus, de fato, sabe escolher as pessoas, e fico feliz, muito feliz, pela escolha.
Muitos rezaram com muito sacrifício, com muita luta, mas com muito amor: tiveram momentos de dúvidas ou fraquezas, mas mesmo assim, cumpriram até o final. A estes o céu protegerá a cada passo, a cada instante da vida, e a todos os que fazem parte de suas famílias.
Muitas graças acontecerão: abundantes graças!
Muitos não puderam cumprir todo o plano, mas também se esforçaram e Deus percebeu isto, e também receberão os prêmios!
Mas muitos não se esforçaram: apenas se beneficiaram do fato de poderem apresentar nomes para a conversão ou libertação, e não levaram a sério... A estes, nada será concedido!
Deus jamais engana alguém, e jamais será enganado!
O mundo já poderia estar todo livre, pois muitas chances foram dadas, mas não houve o respaldo, a resposta tão aguardada por Deus! Deus havia colocado toda a esperança...
No entanto houve o esforço e a fé dos muitos que abraçaram a causa com amor, e por isso Deus pode então, libertar milhões de padecentes.
De fato, no Brasil, permanecem ainda no Purgatório, 1.817.316 almas do povo dos estados da Bahia e Rio de Janeiro. Deveis rezar muito para que todos sejam libertados. Tais estados – o seu povo – estão envolvidos com muitas idéias diferentes, religiões diferentes e entranhas, como os terreiros criados pelos inimigos de Deus, e por isso há dificuldades grandes em libertá-las.
A oração conseguirá!
Deus as poderia libertar, mas se assim fizesse, estaria falhando com Sua Justiça, já que milhões padeceram milênios, ou centenas de anos, até sua libertação... não seria justo então, dar de graça o céu aos outros... A menos que recebam orações e sacrifícios.
As penas precisam ser pagas, e Deus age assim, por causa dos (vivos) que foram atingidos pelos males daqueles, isto é, age com muita justiça e com muito amor.
Muitos caminhantes, incansáveis caminhantes, demonstram seu amor a Deus e às almas, percorrendo cemitérios e neles rezando pela libertação das almas.
Pelo Brasil, existem vários deste tipo que agem individualmente ou em grupos! Louvado seja Deus: são filhos especiais que se preocupam com o próximo!
A oração para o próximo dá direito a muitas graças, muitos benefícios.
Muitos se dedicam ao próximo, ajudando-o nos campos da matéria: o sustento, a saúde, a recuperação, a educação... Isto é bom e são atos de amor fraterno!
Mas quem pratica a caridade de rezar por outro, de se preocupar com o bem espiritual, com pão espiritual de cada dia, com o outro?  Poucos! E cada vez menos é o número destes.
E ali está a preocupação de Deus: a preocupação principal.
O homem terá saúde, terá o pão para alimentar o corpo, estudo para seu desenvolvimento, casa para si e seus filhos, dinheiro para sua “felicidade”... e depois?
Isto tudo não existe no céu! Quem se preocupa com isto? Alguns! Poucos! E Deus!
Sim, Deus se preocupa, pois ama realmente todos os seus filhos, e sabe que a felicidade plena, permanente, para sempre, está em seus braços, no céu... e isto deseja a seus filhos.
E Eu, filhos? Por que vim ao mundo? Por que sofri? Por que dei minha vida?
Certamente, por amor!
E Deus Pai, por que deixou que seu próprio filho se imolasse?
Certamente por amor! Que Pai ou Mãe faria isso?
E Mamãe, por que sofre? Por que ainda se preocupa e ainda sofre?
Certamente por amor! Muito amor!
Filhos amados: mereceis este amor... mas, será que todos merecem?
E, por causa deste amor tão grande, Deus atende vossos pedidos e liberta 81.413.819 almas... Outras ficaram...Mas receberão orações, Eu sei! E receberão de vós!
Sim, filhos, vos peço: continuai vossa caminhada, vossa missão: Deus confia em vós!
E as almas que ficaram já não têm esperanças de receberem outras orações, que não sejam as vossas, pois são as que estão verdadeiramente esquecidas!
Filhos, vede então porque mereceis  prêmios
E recebereis, e depois de tudo, recebereis a felicidade em abundância, para sempre, juntamente com vossos filhos, porque nenhum deles se perderá. Amém?
Responderei também, a cada um em particular, oportunamente, pois gostarei muito de conversar com estes filhinhos prediletos e tão amados de Deus. Amém?
Eu vos abençôo, filhos amados, por toda a TRINDADE e por todo o Céu, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Jesus!
(Em seguida... )
Filhinhos amados, muito obrigada! Percebestes como sois amados?
E Eu, como poderei exprimir o quanto vos amo? Carregar-vos-ei em meu colo: ali não permitirei que ninguém, ou nada vos machuque. Amém!
Muito obrigada a todos vós, aos que realizaram estes encontros e aos que participaram deles. Obrigada, S. por tua bondade, amor, caridade, subserviência, e, sobretudo, humildade! Muito obrigada!
Filhinhos amados: Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Maria, Mãe do Universo.
(Em seguida...)
Também quero agradecer. Afinal vocês continuaram a obra. Eu amo tanto a vocês: Norma, filha, e a Marilene... Rezo muito por vocês.
Sabem? Vocês não imaginam a festa que está acontecendo aqui no céu... e vocês são um pouco responsáveis...
Recebam a minha bênção.
(Palmira.- Hilda)
 
 
 
Artigo Visto: 1748 - Impresso: 78 - Enviado: 18
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 95 - Total Visitas Únicas: 1672610 - Usuários Online: 35
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites