Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
08/06/2012
BREVE BIOGRAFIA DE PE.PIO DE PIETRELCINA I
O primeiro sacerdote estigmatizado
 
 
 
O Santo Padre Pio é um dos maiores místicos de nosso tempo. Nos ensinou o amor radical ao coração de Jesus e a sua Igreja. Sua vida era oração, sacrifício, pobreza. 
 No dia 16 de junho de 2002, sua Santidade João Paulo II canonizou ao Beato Padre Pio. O primeiro sacerdote canonizado que tem os estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo. Sacerdote capuchinho. 
Celebrou sua primeira missa no dia 10 de Agosto de 1910.  
Oito anos mais tarde, no dia 20 de Setembro de 1918, apareceram visivelmente as chagas de nosso Senhor em suas mãos, pés e lado esquerdo do peito, fazendo do Padre Pio o primeiro sacerdote estigmatizado na historia da Igreja (São Francisco
Assis não era sacerdote). Foi heroico em seu apostolado sacerdotal, que durou 58 anos. 
Grandes multidões, de todas as nacionalidades, passaram por seu confessionário.   As conversões foram inumeráveis. 
Diariamente recebia centenas de cartas de fiéis, que pediam seu conselho iluminado e sua direção espiritual, a qual tem sempre significado um retorno a serenidade, a paz espiritual e ao colóquio com Deus.  
Famoso confessor. 
O Padre Pio passava até 16 horas diárias no confessionário.  
Alguns deviam esperar duas semanas para conseguir confessar-se com ele, porque o Senhor lhes fazia ver por meio deste singelo sacerdote a verdade do evangelho. 
Sua vida se centrava em torno da Eucaristia. 
Suas missas comoviam aos fiéis por sua profunda devoção.Ninguém mais do que ele teve um ardente amor pela Santíssima Virgem. 
Toda sua vida não foi outra coisa que uma continua oração e penitencia, o que não impedia que semeasse a seu redor felicidade e grande alegria entre aqueles que escutavam suas palavras, que eram cheias de sabedoria ou de um extraordinário senso de humor. 
Através de suas cartas, ao confessor se descobrem indescritíveis e tremendos sofrimentos espirituais e físicos, seguidos de uma felicidade inefável derivada de sua intima e continua união com Deus. 
Recebia uma multidão de peregrinos de todo o mundo e além disso, recebia numerosas cartas pedindo oração e conselho. O Papa João Paulo II, em 1947, quando era um sacerdote recém ordenado foi visitar ao padre Pio e ficou profundamente impressionado por sua santidade. Já sendo Papa visitou sua tumba. 
Dons extraordinários: 
Discernimento extraordinário: a capacidade de ler os corações e as consciências. 
Profecia: pode anunciar eventos do futuro. 
Curas: curas milagrosas pelo poder da oração. 
Bilocação: estar em dois lugares ao mesmo tempo.  
Perfume: a sangue de sues estigmas tinham fragrância de flores.  
Estigmas: Recebeu os estigmas no dia 20 de setembro, 1918 e os levou até sua morte 50 anos depois (23 de setembro, 1968). 
 Os médicos que observaram os estigmas do padre Pio não puderam fazer
cicatrizar suas chagas nem dar explicação delas. 
Calcularam que perdia um copo de sangue diário, mas suas chagas nunca se infectaram. 
O padre Pio dizia que eram um presente de Deus e uma oportunidade para lutar para ser mais e mais como Jesus Cristo Crucificado.  
O Senhor o chamou a receber o premio celestial no dia 23 de Setembro de 1968.
Tinha 81 anos. 
Durante 4 dias seu corpo foi exposto ante milhares de pessoas que formavam uma enorme coluna que não teve interrupção até o momento do funeral, ao qual assistiram mais de cem mil pessoas .
Milhões visitam sua tumba na Cripta do Santuário de Nossa Senhora das graças em São Giovani Rotondo.  
O numero de peregrinos continua aumentando. Os preliminares de sua causa se iniciaram em Novembro de 1969. 
Foi declarado venerável no dia 18 de Dezembro de 1997 e Beatificado no dia 2 de maio de 1999. 
Tão grande foi a multidão na missa de beatificação que ocupou a Praça de São Pedro e toda a Avenida da Conciliação até o rio Tiber sem serem estes lugares  suficientes. 
Milhões, além disso, o contemplaram pela televisão no mundo inteiro.   Foi canonizado no dia 16 de junho de 2002. Sua beatificação e sua canonização foram as de maior assistência na historia. (continua)
 
 
Artigo Visto: 2445 - Impresso: 45 - Enviado: 36
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 299 - Total Visitas Únicas: 1725612 - Usuários Online: 36
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites